Pesca Inútil

 
Sobre a melodia feita pelo Artur Mendes (responsável pela Rádio Web do portal da Igreja Presbiteriana do Brasil - IPB), coloquei a letra e o Toninho fez a harmonia e arranjo.

Faça uma visitinha à Rádio Web da IPB.http://www.ipb.org.br/radio/http://www.ipb.org.br/radio/http://www.ipb.org.br/radio/shapeimage_2_link_0shapeimage_2_link_1shapeimage_2_link_2

Sobre esta música

De volta às redes tudo há de passar.

Pescar meu peixe é me esquecer.

Pra que lutar se nada irá mudar?

Pensava Pedro, a padecer.


Inútil se agitar!

Inútil trabalhar!

Se Deus não der, a vida não vai dar.

Não vai dar não, não vai.


Você que já pensou em desistir,

Seguindo a Pedro em seu descrer.

Quem sabe a pescas mais comuns sair,

Acreditar sem ter de crer.


Inútil se agitar,

Inútil trabalhar,

É Deus quem dá àquele que esperar

No seu amor, no seu amor.


Deixa, deixa a tua rede;

Vem já; traze a tua sede.


Da água que eu te der,

Um rio vai nascer;

De novo vais viver.

Autor Letra: Rubem Amorese
Autor Música: Artur Mendes
Intérprete: Toninho Zemuner

Produção e participações
Arranjo e Produção: Toninho Zemuner

 OUÇA/BAIXE            

  CIFRA
PescaInutil_files/PescaInutil.mp3PescaInutil_files/Pesca%20Inu%CC%81til.pdf