94. Bem-Aventurados

 
Nos meses de janeiro e fevereiro, a IPP reúne as classes dos adultos para estudos conjuntos, estratégicos. Em janeiro de 2006, o tema foi Mt 5:3-12: as bem-aventuranças. Alguém pediu uma música. Pena que saiu ao final. Mas aí está.

Sobre esta música

Os pobres de espírito,

Que estendem sua mão

E imploram Seu perdão,

São bem-aventurados.


Felizes os que choram

Com o coração contrito.

Deus não rejeita o aflito;

São bem-aventurados.


Felizes são os mansos,

Capazes de perdão

E de restauração;

São bem-aventurados.


Famintos de justiça,

E de misericórdia,

Têm sede de concórdia,

São bem-aventurados.


Misericordiosos

Terão misericórdia;

Não vivem de discórdia,

São bem-aventurados

Autor Letra: Rubem Amorese
Autor Música: Toninho Zemuner
Intérprete: Toninho Zemuner (solo)

Produção e participações
Produção: Toninho Zemuner


  OUÇA/BAIXE  

  CIFRA

  playback  


94.BemAventurados_files/Bem-Aventurados.mp394.BemAventurados_files/BemAventurados.pdf94.BemAventurados_files/Bem-Aventurados%20PB.mp3

Mantêm pureza d’alma,

E a boca só abençoa;

Quem chega, se afeiçoa;

São bem-aventurados.


Os pacificadores,

Ministros do Senhor,

São filhos desse amor,

Sim, bem-aventurados.


Serão tão perseguidos

Por causa da justiça,

Mas lutam, sem preguiça,

São bem-aventurados.


Serão injuriados,

Descanso não terão;

São bem-aventurados:

Terão seu galardão.