87. Retorno

 
Esta música é uma espécie de volta ao passado, inspirada nas crises que percebo nos jovens da igreja. Ela surge como um eco de minha própria juventude, nos anos 60/70 (onde ambiento a música); tempos difíceis, de caminhos escuros, cheios de dúvidas existenciais e de escolhas que moldariam meu futuro. Hoje dou graças a Deus por sua Palavra. Mesmo querendo, não consegui me desvencilhar dela.

Sobre esta música

Tua Palavra é assim;

Luz entranhada em meu ser,

Mesmo que eu faça um motim,

Não tem jeito,

Cá no meu peito,

A verdade há de ser

Luz que ilumina o caminho.

E eu, sozinho, ouço:

‘Vem pra mim,

Como estás,

Vem assim...’

Autor Letra: Rubem Amorese
Autor Música: Rubem Amorese
Intérprete: Toninho Zemuner (Solo)

Produção e participações
Produção: Toninho Zemuner; Marcos Valadares (Sax)


  OUÇA/BAIXE 

  CIFRA

  playback 

  garagem


87.Retorno_files/Retorno.mp387.Retorno_files/Retorno.pdf87.Retorno_files/Retorno%20Pb.mp387.Retorno_files/RetornoRasc.mp3