42. Meninos de Guerra (Sl8)

 
Este é um salmo de louvor. Deus expõe no céu a sua grandeza, e suas criaturas o louvam, sabendo que, mesmo fracos como meninos de peito, hão de vencer suas vicissitudes, confiados em seu amor e poder.
À direita você vai ver um link novo: o PODCAST . Trata-se de um programa de rádio artesanal, feito na época, para lançar as músicas do CD. São programas de 7 minutos em média.
Autor Letra: Rubem Amorese
Autor Música: Toninho Zemuner
Intérprete: Toninho Zemuner (solo)

Produção e participações
Produção: Toninho Zemuner


  OUÇA/BAIXE    

  CIFRA

  playback 

 VÍDEO






links para outras páginas
PODCAST42.MeninGuerra(Sl8)_files/1.Meninos%20de%20Guerra.mp342.MeninGuerra(Sl8)_files/MeninosGuerra.mp342.MeninGuerra(Sl8)_files/Salmo8.pdf42.MeninGuerra(Sl8)_files/Sl%208-Meninos%20de%20Guerra%20Pb.mp3http://www.youtube.com/watch?v=hb6BPOgd7a8shapeimage_3_link_0

Sobre esta música

De pequeninos, crianças de peito;

Sim, dos meninos sem força e sem jeito;

Dos desatinos da dor do desfeito,

Crias soldados, meninos de guerra.


Suscitas força em meio à fraqueza;

Pois nos meninos percebes certeza;

Da fé singela te agrada a beleza,

E dos de peito o perfeito louvor.


Teu inimigo emudece e se aterra;

E o vingador se acovarda na guerra!

Quão grandioso é teu nome na terra,

Pois expuseste no céu teu poder.


Suscitas força no meio da dor.

Como a criança, ao sentir teu amor,

Empunho a lança e, esquecendo o temor,

Me faço alegre menino de guerra.