38. Oferta

 
Não há o que possamos oferecer ao Senhor, por sua graça, a não ser nosso coração derramado em seu altar. Disso ele se agrada. Mas sabemos que essa oferta tem que se materializar em serviço. A verdadeira adoração nos predispõe para o serviço cristão. Precisamos de contínua libertação para que nossos lábios possam, falando do que está cheio o nosso coração, exalar louvor ao falar de amor; e as mesmas mãos que agradecem o perdão recebido também o ofereçam, ainda que sacrificialmente, no altar de Deus. Tudo isso será possível se tão-somente nosso Pai nos olhar com amor e nos iluminar com a luz que procede da cruz.
Autor Letra: Rubem Amorese
Autor Música: Toninho Zemuner
Intérprete: Toninho Zemuner (solo)

Produção e participações
Produção: Toninho Zemuner


  OUÇA/BAIXE     

  CIFRA





38.Oferta_files/Oferta.mp338.Oferta_files/Oferta.pdf

Sobre esta música

Lábios que falam de amor,

Mãos que agradecem, também,

Venho trazer

Adoração;

Sim, trago-te o meu coração, Pai;

Sim, trago-te o meu coração.


Frágil louvor!

Mas me encontrarás

De rosto no chão, Senhor.

Pois todo o meu ser

Tu iluminarás,

Se olhares pra mim, com amor;

Se olhares pra mim, meu Senhor.


Lábios que exalam louvor,

Mãos que oferecem perdão,

Venho cantar:

Libertação!

Alegro-me em teu altar, Pai,

Alegro-me em teu altar.