155. Elevo Os Olhos

 
No Salmo 121, o poeta eleva os olhos para os montes e se pergunta: de onde me virá o socorro? Ele mesmo responde: o meu socorro vem do Senhor, que fez o céu e a terra. Ele não permitirá que teus pés vacilem. E eu acrescento, modestamente: aleluia! O que mais posso dizer? Agora, é louvar com o salmo e cantar essa certeza. 
Aí está um hino com jeito de cântico. Ou vice-versa; você decide.
Autor Letra: Rubem Amorese
Autor Música: Rubem Amorese
Intérprete: Toninho Zemuner

Produção e participações
Produção: Toninho Zemuner


  OUÇA/BAIXE            

  CIFRA

  playback 
155.ElevoOsOlhos_files/ElevoOsOlhos.mp3155.ElevoOsOlhos_files/ElevoOsOlhos.pdf155.ElevoOsOlhos_files/ElevoOsOlhos-PB.mp3

Sobre esta música

Para os  montes olharei;

Tua habitação.

Teu socorro buscarei,

Minha redenção.


    Aleluia! Glória!

    Graça e salvação.

    Aleluia!   Glória!

    Graça e salvação.


No teu monte guardarei

Puro o coração.

Em tua graça encontrarei

Paz, consolação.


Se aceitares, ó meu Rei,

Minha confissão,

Para os montes levarei

Minha gratidão.