15. Contrição

 
O momento da contrição pode ser um tempo musical. Nele surgem expressões íntimas de confissão, propósitos e fé. O resultado é, invariavelmente, paz e transformação.
Autor Letra: Rubem Amorese
Autor Música: Toninho Zemuner
Intérpretes: Roberto Boldo (solo); Ana Amorese, Andrea Ferreira, Teca e Toninho Zemuner (vocais)

Produção e participações
Produção: Toninho Zemuner

  OUÇA/BAIXE        

  CIFRA


  VÍDEO




15.Contricao_files/Contricao.mp315.Contricao_files/Contricao.pdfhttp://www.youtube.com/watch?v=8D3UiFLGmzI

Sobre esta música

Eis-me aqui,

Meu Senhor,

Venho te adorar;

Se sofri,

Minha dor

Quero te ofertar.


Se esqueci

Teu favor,

Quero retornar.

Quero aqui,

E aonde for,

Tudo te entregar.


Agora que achei o teu altar;

Lá fora cansei demais!

Minora o sofrer do meu penar,

Consola-me com tua paz.


Se ofendi

Meu irmão,

Venho confessar;

Se retive

O perdão,

Dá-me o perdoar.


Sei que em ti

Todo o amor

Há de triunfar;

Deixo aqui

Meu louvor,

Sobre o teu altar.