119. Salmo 131 (2)

 
Esta música procura seguir de perto o salmo. O mais literalmente possível. Ele apresenta uma atitude em relação à vida, ao sucesso, às ambições, às grandes realizações. Não parece negar essas coisas, mas coloca-as em um plano inferior. Importante, mesmo, é encontrar a saciedade da vida nos braços do Senhor. A figura é a de uma criança que acaba de mamar. Nos braços da mãe ela sossega e descansa. 
Quando ouço amigos dizer que vão se aposentar, comprar uma casinha no interior, ou na beira do mar e criar galinhas, fico a me perguntar se não é esse mesmo sentimento que estão exprimindo. Estão buscando descanso. Mas esse descanso só é encontrado nos braços do Pai.
O número 2, no título, indica que é minha segunda música sobre este salmo. Veja a outra.52.EmTeusBracos.htmlshapeimage_2_link_0
Autor Letra: Rubem Amorese
Autor Música: Rubem Amorese
Intérprete: Toninho Zemuner

Produção e participações
Produção: Toninho Zemuner

 OUÇA/BAIXE            

  cifra

  playback

  garagem 

Versão instrumental - Sl131-2Instr-G119.Salmo131-2_files/Salmo131-2Instr.mp3119.Salmo131-2_files/Salmo131-2.mp3119.Salmo131-2_files/Salmo131-2.pdf119.Salmo131-2_files/Salmo131-2PB.mp3119.Salmo131-2_files/Salmo131-2Rub.mp3shapeimage_3_link_0

Sobre esta música

Ó Senhor, não é soberbo o meu coração,

Nem altivo o meu olhar; não busco exaltação,

Desprezei louvação e da glória a ilusão.


Ó Deus, ao contrário, minha alma eu fiz calar,

Como a sossegar nos braços de sua mãe.

Confiei, tanto assim,

Eis, Senhor, minha alma, em mim.


Espera em Deus, povo seu,

Hoje e para sempre, amém.